Make your own free website on Tripod.com

Camisinha

1. Sexo não-protegido

O sexo não protegido, ou seja, sem camisinha, expõe você ao risco de contrair doenças sexualmente transmissíveis. Isto aplica-se a homens e a mulheres. A camisinha é o único método eficaz para prevenir as doenças sexualmente transmissíveis e a Aids.

Diz-se sexo não protegido a qualquer forma de contacto sexual anal, oral ou vaginal que não envolva o uso de preservativo masculino ou feminino ou uma barreira semelhante.

Muitas doenças sexualmente transmissíveis (DST's) são transmitidas por sexo não protegido.

O sexo não protegido com penetração (inserção do pênis no corpo de outra pessoa) anal e vaginal tem o maior risco de DST's, contudo as infecções podem ser transmitidas também por sexo oral (boca com genitais) e sexo oral-anal (boca com ânus). Da mesma forma que deve-se usar camisinha na penetração anal ou vaginal, deve-se praticar o sexo oral também com camisinha (algumas pessoas usam preservativos com sabores).

2. Sexo com pessoas HIV positivas

Um dos parceiros é HIV positivo:

Se você tiver uma relação sexual com outro homem que lhe revele ser soro-positivo, isto é, que está infectado com o vírus HIV, e que ele lhe diga estar tomando antiretrovirais e que sua carga viral está quase indetectável no seu sangue, saiba que ele ainda pode ter vírus no seu sêmen ou nos fluídos vindos das vesículas seminais e da próstata, que transmitem o HIV. Portanto você deve se precaver da contaminação, usando a camisinha.

Os dois parceiros são HIV positivos:

Se você é HIV positivo e tiver sexo com outra pessoa que seja também HIV positiva muitos especialistas em saúde e médicos sexólogos recomendam que continue a usar preservativos poque há uma evidência crescente de que é possível ser super-infectado com novas estirpes ou tipos de HIV, que podem ser mais agressivos ou resistentes aos medicamentos. Isto pode levar à falência dos tratamentos que poderiam ser eficazes. Isto aplica-se a homens e a mulheres.

3. Sexo com pessoas HIV negativas ou não testadas

Se você é HIV positivo e usa preservativo durante o sexo com pessoas que sabem ser HIV negativas ou que não estejam seguras do seu estado HIV, você está protegendo o seu parceiro contra o HIV e a ambos contra outras DST's.

4. Sexo anal

Para o sexo anal é muito importante que os preservativos sejam usados com bastante lubrificante aquoso, dado que não devem ser nunca usados lubrificantes oleosos porque enfraquecem a borracha dos preservativos. Os espermicidas com nonoxynol-9 devem ser evitados porque causam irritação no pênis sem-camisinha, fazendo com que seja mais fácil que se dê o contágio do vírus HIV ou outras DST's.

Texto original em inglês em AIDSmap

 

5. Tipos de camisinhas

Tipos de camisinha
cabeca maiorCamisinha com a cabeça maior e mais frouxa: possibilita mais prazer. Você pode ajustar de acordo com o seu pênis.
chocolateCamisinha sabor chocolate (importada) Nougatti.
coloridaCamisinhas coloridas: de cores de determinados países.
fosforescenteCamisinha fosforescente: de formas divertidas e a luminosidade fosflorescente animam a noitada.
jontex ultraJontex Ultra: Ultra é um preservativo lubrificado mais espesso que os outros. Ou seja, camisinha mais resistente para você durante a relação.
jontex confort plusJontex Confort Plus: preservativo extra lubrificado, para melhor conforto.
preserv espermicidaPreserv espermicida: Com agente espermicida, oferece proteção adicional para casais que desejam evitar a gravidez.
preserv extraPreserv Extra: Com maior tamanho e largura, este é o maior modelo de preservativo do mercado brasileiro.
preserv litePreserv Lite: Com espessura mais fina, oferece maior sensibilidade na relação sexual.
preserv plusPreserv Plus: texturizada que proporciona mais estímulo entre os órgãos genitais e maior sensação de prazer durante o ato sexual tanto para o homem quanto para a mulher.
preserv teenPreserv Teen: Com menor tamanho e largura, é o menor modelo de preservativo do mercado nacional, para o público adolescente que está iniciando a vida sexual.
prudence aromat.Prudence aromatizada: camisinhas coloridas e aromatizadas: sabor laranja, menta, morango e uva.
tequilaCamisinha sabor tequila (importada) Proteggiti.
trojanTrojan: em forma de espiral para proporcionar prazer extra.

 

6. Casos da vida real

Outro dia fui transar com meu namorado e a camisinha rasgou no meio da transa. Como faço para evitar que esse tipo de "acidente" aconteça de novo?

Não é comum que a camisinha fure durante a transa. Se todos os cuidados forem tomados, é muito difícil que isso aconteça. O primeiro passo é só comprar as que têm o selo do Inmetro, que garante que o produto passou por testes de qualidade durante a sua fabricação. Sempre verifique a data de validade e guarde a camisinha num lugar seco e onde não esteja exposta a grandes "traumas" (não dá pra usar aquela que ficou 1 mês andando na sua carteira!).

Na hora de abrir, tome cuidado para rasgar apenas o canto da embalagem. A camisinha deve ser desenrolada sobre o pênis ereto, sempre lembrando-se de apertar a ponta para retirar o ar do reservatório. Sempre prefira as camisinhas com lubrificante, que diminuem o atrito e o risco de rasgar.

Tomando esses cuidados, os riscos são mínimos. Agora, caso isso aconteça, como o látex (borracha) da camisinha está dilatado, o furo transforma-se num buraco grande que pode ser facilmente notado. Nessa hora, retire a camisinha e coloque outra. Se já tiver ejaculado, procure um médico para orientação.


Tenho 19 e estou tendo dificuldades em colocar a camisinha, pois acho meu pênis muito grosso. A largura da camisinha é sempre 52mm? Eu até consigo colocá-la, mas ela aperta muito. Gostaria de saber se existe alguma camisinha especial?

A maior parte das camisinhas vendidas aqui no Brasil tem largura nominal de 52mm. Essa medida é, em geral, suficiente para acomodar a maior parte dos pênis dos homens brasileiros. Mesmo quem tem o pênis um pouco mais grosso consegue uma adaptação bem razoável com essa medida de camisinha.

Mas alguns homens reclamam do desconforto gerado pela adaptação ao tamanho padrão das camisinhas. Para esses casos, existem várias alternativas. A primeira é experimentar outra marca de camisinha. Às vezes, uma simples variação da marca já facilita a adaptação.

Uma segunda alternativa chegou às farmácias nesse ano. É uma camisinha nacional de tamanho um pouco maior (tanto no comprimento quanto na largura). O nome do preservativo é Preserv Plus. Na mesma linha, você pode achar em Sex Shops, camisinhas de tamanho um pouco maior, de origem americana ou européia. Elas têm a designação X-large (tamanho maior).


Fui à farmácia comprar camisinhas e vi umas com espermicida. Esse tipo de camisinha é melhor que a normal? Qual a diferença?

Existem mesmo vários tipos diferentes de camisinhas: com lubrificante, anatômica, de poliuretano, com espermicida, com sabor, etc. As camisinhas com espermicidas têm sim algumas vantagens.

Espermicidas servem para inutilizar os espermatozóides: quando entram em contato com eles, atuam na superfície impedindo eles se movam e possam alcançar o óvulo. É evidente que numa relação sexual anal este tipo de camisinha perde esta sua função.

Você pode encontrar ainda nas farmácias algum produto espermaticida mas saiba que se você lubrificar o seu pênis com ele, sem camisinha, você não se previne contra as doenças transmitidas pelo sexo, como a Aids e a hepatite B. Mas há alguns especialistas defendem que os espermicidas usados isoladamente (untando um pênis sem camisinha) poderiam ajudar no combate a algumas DSTs, mas nada disso foi provado até hoje.

Por outro lado, usados com a camisinha, aumentam em muito a segurança, chegando perto da eficiência das pílulas anticoncepcionais. A vantagem é que, em caso de ruptura do preservativo eles funcionam como uma proteção extra.


O que é sexo seguro? Existe sexo seguro no seminário?

Sexo seguro independente do lugar ou ocasião é quando as pessoas se protegem de uma DST-Aids (Doenças Sexualmente Transmissíveis) e de uma gravidez não planejada. O único método que previne as DST em pessoas sexualmente ativas é a camisinha.


Camisinha é eficaz para prevenir a Aids? O vírus HIV não é menor do que os poros da camisinha?

A camisinha é o único método eficaz para prevenir as doenças sexualmente transmissíveis e a Aids. Sem a camisinha, a única alternativa é não transar. Essa história de que o vírus HIV é menor do que os poros da camisinha não procede.

Diversas pesquisas foram feitas e mostraram que o látex da camisinha masculina é eficaz para barrar o vírus HIV. O mesmo acontece com o plástico poliuretano utilizado em alguns tipos de camisinha masculina e na camisinha feminina. A camisinha só funciona como uma barreira porque seus poros são tão minúsculos que não deixam o vírus HIV e outros pequenos microorganismos passarem de uma pessoa para outra.

Jairo Bouer. ( Caliente )


ir para o topo da página